domingo, 17 de outubro de 2010

Rumo, má fé e (in)validade

Certo dia seria perguntada sobre uma coisa muito difícil de se responder. Eu perdendo o rumo? É a má fé de Sartre em pessoa. E dando tudo pra ter uma consciência de si mesma que, sabe-se lá se, um dia, eu tive. Perder o rumo é, incertamente, ter certeza que algumas coisas precisavam ser ditas mas o prazo de validade delas já expirou há muito (ou pouco?) tempo!

5 comentários:

Descomedida disse...

Eu sempre leio o teu blog e gostaria de deixar só uma dica:

Fundo preto com fonte branca é CEGAR os olhos. Impossível de ler. Eu copio e colo no notepad :P

Sou C! disse...

Obrigada pela dica, seja lá quem você seja. Troquei. Não gostei, preciso fazer uns ajustes, mas ainda assim... Provavelmente facilitou a leitura!

Descomedida disse...

Achei que ficou lindo. Realmente ficou ótimo de ser lido. Eu só comentei mesmo porque pode ser que outras pessoas não tenham a idéia de copiar e colar no notepad :)

Sou C! disse...

E que tal me enviar o link do teu blog? Não consigo acessar teu perfil :)

Descomedida disse...

www.descomedindo.blogspot.com
mas é necessário o convite pra ler.

Então, se você quiser ler, manda teu e-mail pra murghana@gmail.com que te envio o acesso :)