terça-feira, 31 de julho de 2012

Feito mantra

“mas se tivesse pena de você, teria que ter pena de mim e de todo mundo. não existe quem não sinta isso. afinal, corajoso não é aquele que não sente medo. é aquele que enfrenta o medo (...) não quero que você desperdice oportunidades, que tenha medo de seguir em frente (...) justamente por saber que acelerar até o fim assusta, mas que você é mais que capaz de fazer de novo. (...) não quero que deixes teus sonhos por comodidade. que deixe de ir atrás do que queres pra viver a vida como se fosse um espetáculo repetido... e quando assim a vida for, porque certamente em alguns momentos será, que cada apresentação seja vivida como a primeira! não as mesmas escolhas ou roteiro, mas a mesma emoção. e eu sei que ninguém faz isso sozinho. (...) quando estiveres assim no futuro, (...) eu quero (...) olhar bem no teu olho e te lembrar, que por muitas vezes já foste mais homem que eu. e é plenamente capaz de fazer isso mais uma vez (...)” 

Um comentário:

Hadelan Ribeiro disse...

gostei muito !
visite tambem : Thinkingaloud3.blogspot.com