terça-feira, 20 de abril de 2010

Sentimental

O quanto eu te falei? Que isso vai mudar...
Motivo eu nunca dei
Você me avisar, me ensinar
Falar do que foi pra você
Não vai me livrar
De viver...
Quem é mais sentimental que eu?
Eu disse - e nem assim se pôde evitar.
-
De tanto eu te falar
Você subverteu o que era um sentimento
E assim,
Fez dele razão pra se perder
No abismo que é pensar e sentir
-
"Ela" é mais sentimental que eu
Então, fica bem,
Se eu sofro um pouco mais
-
"Se ela te fala assim, com tantos rodeios, é pra te seduzir e te ver buscando o sentido daquilo que você ouviria displicentemente. Se ela te fosse direta, você a rejeitaria."
-
Eu só aceito a condição de ter você só pra mim
Eu sei, não é assim, mas deixa...
Eu só aceito a condição de ter você só pra mim
Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir e rir.
-
-
Ao som de Los Hermanos.
Agradeço, Rodrigo Amarante, por traduzir tão bem um dos C's.

Nenhum comentário: