terça-feira, 18 de agosto de 2009

Aos populares do mundo virtual                                 (e falsos no geral...)

Para mim... (mas isso acho que nem preciso dizer, já que o blog é meu e os créditos também!) ...essa modinha virtual "todo-mundo-é-meu-melhor-amigo" é sinônimo de uma fórmula matemática que em nada me agrada: pobreza de espírito + falsidade = popularidade.
Caso discorde, atente para o fato de que quanto mais pessoas conhecemos, mais percebemos o quanto são diferentes umas das outras, e portanto mais difícil fica de agradar a todas com o nosso jeito. Talvez (mui talvez!) seja o meu jeito o torto de ver as coisas. E o dos populares, polidos e divertidos, o certo. Só sei dizer que não sou maleável a ponto de conseguir ser gentil com todos com quem cruzo.

Para os simpáticos-queridinhos-amigos-de-todos, fica a máxima (das duas, uma): Ou você é diferente com cada um destes "amigos" maravilhosos que possui e/ou ostenta, ou você é um clone* da Madre Tereza de Calcutá.


*quanto aos clones, ainda duvido de sua existência.

"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas." Salve Jane Austen!

Nenhum comentário: